5 métricas de e-commerce para acompanhar e atingir o sucesso

No mundo do comércio online, a medição de resultados é algo de suma importância empreendedor que pretenda crescer e se estabelecer nesse meio. É por meio dessas medições, conhecidas como métricas de e-commerce, que é possível perceber e acompanhar qual estratégia está surtindo efeito e qual não está funcionando tão bem quanto deveria, permitindo a manutenção da estratégia para que o resultado alcançado seja o mais próximo do ideal.

Dito isso, vamos dar uma olhada em algumas dessas métricas para entendermos melhor como cada uma delas funciona e qual poderá auxiliar e responder melhor às suas necessidades. Confira:

1. O Custo de Aquisição de Cliente (CAC)

Como o próprio nome já diz, o Custo de Aquisição de Cliente (CAC) é uma métrica que calcula quanto de dinheiro você deverá investir para que consiga adquirir um cliente. Por exemplo, um post patrocinado no Facebook aumenta sua visibilidade e, consequentemente, o número de visitantes no seu site, mas você precisa comprar o post patrocinado — logo, consome seu capital.

A lógica está em como aumentar o tráfego do site, seja por meio de posts patrocinados ou campanhas publicitárias para aumentar a visibilidade do seu negócio e transformar os visitantes do seu site em seus clientes. O CAC é quem vai ajudar você a calcular e avaliar a melhor forma de aumentar a visibilidade e o número de clientes da forma mais econômica possível.

2. A métrica de e-commerce do Carrinho Abandonado

Uma métrica de e-commerce que ajuda bastante é a do carrinho abandonado. Ela funciona quando alguém adiciona um item ao carrinho de compras do site, mas por algum motivo desiste da compra, deixando o produto abandonado no carrinho.

Isso acontece por causa de alguns motivos. Por exemplo: preços muito mais altos que o da concorrência, prazo de entrega muito elevado, frete caro, entre outros. Essa métrica indica que houve a intenção de compra, mas, possivelmente, um desses exemplos ocasionou a desistência do cliente. Logo, tente manter a taxa de abandono do carrinho baixa.

3. Taxa de Conversão (TC) de visitantes

Quanto mais pessoas visitam seu negócio, maior a chance de que uma venda seja concretizada. A Taxa de Conversão (TC) serve exatamente para isso. Ela faz uma porcentagem para ver quantas das pessoas que visitam sua loja acabam comprando seus produtos.

Imagine a seguinte situação: uma loja tem uma média de 100 visitantes, mas só 10% das pessoas que entram nessa loja acabam comprando algum produto. Então, das 100 pessoas que podiam ter realizado alguma compra, apenas 10 realmente compraram. Portanto, fica óbvia a importância de manter seu TC sempre o mais alto possível.

4. A Rentabilidade do Produto

Essa métrica é bastante útil, pois mostra quais produtos são os mais procurados no seu site e quais são os mais vendidos e que geram mais lucro. Isso ajuda a selecionar melhor os itens mais vendidos na hora de colocar em destaque, seja na home do site ou um post patrocinado, para que aproveite o sucesso e impulsione ainda mais suas vendas.

5. Taxa de Reclamação e sua importância

Para obter sucesso em qualquer tipo de comércio, deve-se sempre tentar agradar ao máximo seu cliente correspondendo da melhor maneira possível às necessidades dele. A Taxa de Reclamação pode impedir seu sucesso na internet, tendo em vista o receio ainda existente em boa parte das pessoas com as compras online.

Desse modo, sempre tenha em mente a importância dessas métricas de e-commerce, tente manter uma boa reputação para o negócio e foque em melhorar progressivamente a confiança dos seus clientes para conquistar cada vez mais consumidores.

Gostou das dicas? Compartilhe nas redes sociais! Esse conteúdo também pode ser de grande ajuda para seus amigos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *